Quando um acidente acontece, ou somos pegos de surpresa por uma doença grave, necessitamos do melhor cuidado disponível. Infelizmente, nem sempre as unidades básicas de saúde estão aptas a atender as demandas de uma pessoa acamada.

 

Para piorar, o extenso período de internação pode levar a outros problemas sérios de saúde física e mental. Mas isso pode ser evitado com um ambiente mais confortável, aconchegante e preparado para atender o paciente durante a sua recuperação.

 

Essas unidades são chamadas de hospitais de retaguarda e são muito úteis na reabilitação de doentes diversos. Confira neste post, por que escolher um hospital de retaguarda e contar com esse apoio na hora que você mais precisa. Veja só!

 

Hospital de retaguarda - DesospitalizaçãoDesospitalização do paciente

 

O maior problema de quando estamos adoentados é o processo de internação. Você é retirado de sua residência e locais que costuma frequentar de forma forçada e sem nenhuma opção. Em contra partida, é lançado dentro de um quarto e fica trancado diversas horas por dia.

 

Quando sai para dar uma volta nos corredores, se depara com profundo sofrimento e ainda mais doenças. Pontos que acabam por atrapalhar sua recuperação e trazem problemas emocionais como depressão, ansiedade, baixa autoestima e etc.

 

Qualquer hospital tem um papel fundamental na recuperação de pacientes, mas chega uma hora que o doente deve sair desse local. Só assim a sua recuperação poderá dar continuidade e até ser acelerada.

 

É exatamente isso que um hospital de retaguarda pretende. Esse local, específico para tratamento de doenças crônicas e pacientes que exijam internação, é muito mais favorável à recuperação.

 

O principal motivo para escolher um hospital de retaguarda é remover o paciente da internação hospitalar desconfortável, forçada e por muitas vezes prejudicial à sua saúde.

 

Hospital de retaguarda - Menor infecçãoMenor risco de infecções

 

Os hospitais comuns, especialmente as unidades públicas, acumulam diversos doentes em seus quartos e espalhados pelos corredores. Se somarmos a isso o fluxo de visitantes e pessoas diversas, o risco de infecção para os doentes só aumenta.

 

Imagine um paciente em plena recuperação e, de repente, contraí uma infecção séria dentro da unidade de saúde. Todo o avanço do tratamento é comprometido e a pessoa pode até vir a óbito.

 

Por isso, é importante remover os pacientes que não necessitam mais estar em um hospital comum e transferi-los para uma unidade de retaguarda. Assim o tratamento é continuado, mas os riscos de infecção praticamente não existem.

 

Outra razão para escolher um hospital de retaguarda é à prevenção a outros tipos de doenças, como patologias contagiosas, por exemplo. Dentro de uma unidade de saúde comum o paciente corre o risco de contrair essas doenças, já em um hospital de retaguarda o risco não existe.

 

Tal segurança leva mais confiança aos familiares do adoentado e auxiliam no processo de recuperação. Tudo para que o paciente fique curado mais rápido e possa retornar as suas atividades do dia a dia, sem nenhuma complicação séria.

 

Hospital de retaguarda - continuação tratamentoContinuidade do tratamento

 

Apesar de remover o paciente de dentro do hospital, todos os tratamentos e terapias podem ser continuados dentro da unidade de retaguarda. O ambiente conta com tecnologia de ponta e equipamentos adequados para diversos procedimentos.

 

Isso garante que o paciente continue recebendo o tratamento necessário para sua recuperação, porém, sem precisar ficar internado na unidade de saúde.

 

Também é uma alternativa interessante se comparada a levar o doente para casa, antes de sua completa reabilitação. Em uma residência simples ele pode ter dificuldades de locomoção, por exemplo, e outros desafios.

 

Já no hospital de retaguarda a infraestrutura e profissionais são preparados para atendê-lo e auxiliá-lo no tratamento.

 

Vale ressaltar também, que em um hospital de retaguarda, há mais abertura para outros tipos de terapias e tratamentos. Um único paciente pode ser acompanhado por diversos especialistas ao mesmo tempo e, assim, ter sua recuperação acelerada.

 

Hospital de retaguarda - Equipe interdiciplinasEquipe médica interdisciplinar

 

Os hospitais de retaguarda também contam com uma equipe de profissionais multidisciplinares. São enfermeiros, médicos, terapeutas, psicólogos, entre outras especialidades.

 

A equipe é formada por especialistas em diferentes áreas, de modo a garantir uma assistência completa ao paciente. Assim não é preciso percorrer diferentes locais para ser atendido ou arcar com despesas médicas diferentes.

 

Tudo está disponível no mesmo ambiente, facilitando o acesso do paciente aos especialistas e contribuindo para sua melhora. Os gastos também são inclusos no mesmo tratamento, facilitando o pagamento e reduzindo custos com a internação.

 

Dessa forma, também é possível evitar outras complicações e quadros clínicos provenientes do tratamento, já que o diagnóstico de mudanças é feito de forma mais rápida e conjunta.

 

Hospital de retaguarda - FamiliaMais conforto para o paciente

 

O conforto do enfermo também é um grande motivo para escolher um hospital de retaguarda. Como já dissemos antes, as instalações desse ambiente são muito mais confortáveis que unidades de internação em hospitais.

 

O doente ainda pode receber visitas em horários diferenciados, desfrutar da companhia de seus familiares e participar de outras atividades interessantes. Pontos que acabam por tornar o processo de cura mais fácil, menos invasivo e doloroso para o paciente.

 

Quando estamos acamados, tudo o que queremos é um atendimento de qualidade e o máximo de conforto possível. Os hospitais de retaguarda são excelentes locais para oferecer esse alento e aconchego para quem necessita de ajuda.

 

Hospital de retaguarda - LazerComodidade para os familiares

 

 

Em algumas circunstâncias o acamado necessita de tratamentos muito especializados, que não estão disponíveis em qualquer hospital. Por causa disso, precisa sair de sua cidade natal e se aventurar em um lugar completamente desconhecido.

 

Dentro de um hospital de retaguarda, não só o paciente tem todo o apoio que necessita, como os seus familiares são recebidos da melhor forma possível. Algumas unidades chegam a oferecer estadia e refeições para os familiares que irão pernoitar no local.

 

Através dessa comodidade, os custos são diminuídos com idas e voltas à unidade de saúde, alimentação, estadia e etc. Todos podem se concentrar no que mais importa no momento: a recuperação do paciente, e as questões menos importantes são deixadas de lado.

 

Um hospital de retaguarda é o apoio que qualquer doente necessita para atingir um bom nível de recuperação, em todas as esferas de sua doença. Esse ambiente alia bom atendimento, carinho, atenção e uma equipe especializada para atender as mais distintas necessidades.

 

São pontos que tornam essa unidade a melhor escolha para cuidar da pessoa que você se importa, seja seu funcionário, familiar, amigo, conveniado ou segurado.

 

Sendo assim, não perca mais tempo! Conheça as instalações da Nobre Saúde e confira esses benefícios com os seus próprios olhos. Entre em contato com a gente agora mesmo!

Leave a reply