É comum que em algum momento da vida os entes queridos mais jovens precisem aprender como cuidar de um idoso acamado. Seja para dar atenção aos seus pais, avós ou outros parentes é quase um momento inevitável da vida de todas as pessoas.

 

Como seres humanos, envelhecemos e com a terceira idade vem uma série de limitações e desafios. Nessa hora, os familiares e cuidadores precisam se unir pelo bem-estar do idoso e aprender a atendê-lo da melhor forma possível.

 

Veja neste post algumas dicas básicas sobre como cuidar de um idoso acamado, no que tange a posição na cama, higiene e alimentação. Confira!

 

como cuidar de um idoso acamado - posicao cama

 

Posição na cama

 

A primeira coisa a ter em mente quando se quer aprender como cuidar de um idoso acamado é a posição no leito. É comum que o senil passe diversas horas deitado, o que pode causar lesões nos membros, atrofiamento dos músculos e as temidas escaras.

Por isso, o cuidador precisa ter o máximo de cuidado com a posição do idoso na cama e prevenir que essas circunstâncias apareçam.

 

Para fazer isso, siga as dicas abaixo:

 

⦁ Deixe os lençóis e demais roupas de cama bem esticadas para evitar dobras, que causam pressão sobre a pele estimulando as lesões e escaras;

 

⦁ Deixe os lençóis e demais roupas de cama bem esticadas para evitar dobras, que causam pressão sobre a pele estimulando as lesões e escaras;⦁ Mude o idoso de posição a cada duas horas alternando entre sentado, deitado e o tronco levemente erguido pela cama articulada;

 

⦁ Se for possível, leve a pessoa acamada para pequenas caminhadas todos os dias para exercitar os membros e músculos;

 

⦁ Caso o acamado não consiga se locomover sozinho, retire-o do quarto por alguns momentos com a ajuda de uma cadeira de rodas;

 

⦁ Mantenha a pele hidratada para evitar lesões de pressão;

 

⦁ Posicione o idoso de forma confortável na cama com o auxílio de almofadas e travesseiros;

 

⦁ Tenha cuidado especial com as regiões mais propensas a desenvolver lesões e escaras (cabeça, ombros, cotovelos, tornozelos, costas, pernas e etc.), proteja essas regiões com almofadas ou panos macios;

 

⦁ Se a pessoa idosa ainda consegue se comunicar use o feedback dela para prevenir desconfortos e lesões;

 

⦁ Fique atento a marcas avermelhadas e feridas que podem aparecer pelo corpo do idoso, faça uma checagem diária durante o banho;

 

⦁ Utilize lençóis macios (100% algodão) que ajudam no conforto do idoso e são mais fáceis de limpar também.

 

como cuidar de um idoso acamado - higiene

 

 

Banho e higiene

 

O banho e a higiene também fazem parte de como cuidar de um idoso acamado e precisam ser levados muito a sério. A falta de cuidados pessoais e higiene podem contribuir para o aparecimento de infecções na pele e outras complicações.

 

Portanto, procure dar banho no idoso diariamente e pelo menos uma vez ao dia. No entanto, recomenda-se fazer isso quando a temperatura ambiente estiver mais elevada e o idoso mais desperto.

 

Dar banho logo que o idoso acorda pode ser prejudicial, já que as temperaturas costumam estar mais baixas e ele ainda está meio sonolento. A sonolência dificulta o trabalho do cuidador, impede que o idoso ajude nesse momento e, também, pode contribuir para causar quedas e outros acidentes.

 

Para pessoas acamadas sem nenhuma locomoção use uma cadeira de banho. Esse equipamento ajuda no transporte do idoso e também o deixa mais seguro durante todo o banho.

 

Já para os idosos que ainda podem se movimentar incentive-os a se levantar e ir até o banheiro. Além de preservar a independência e a privacidade do acamado, você também estimula a atividade física dessa forma.

 

Alguns idosos acamados não podem ser removidos da cama por diversos motivos. Nesse caso a higienização deve ocorrer sobre o leito. Veja algumas dicas para tornar essa tarefa mais simples e eficaz, abaixo:

 

⦁ Pegue uma bacia com água morna, sabonete de coco ou neutro e toalhas macias para fazer a limpeza;

 

⦁ Pegue uma bacia com água morna, sabonete de coco ou neutro e toalhas macias para fazer a limpeza;

 

⦁ Faça a higienização do corpo do acamado por partes e nunca o deixe despido completamente;

 

⦁ Comece pela parte superior do corpo (rosto, orelhas, pescoço, etc.) e depois vá descendo;

 

⦁ Quando for partir para outra região do corpo (pernas, por exemplo) cubra a parte de cima para dar privacidade a pessoa acamada e evitar que ela sinta frio;

 

⦁ Passe sempre uma toalha úmida para remover a sujeira e enxágue-a diversas vezes;

 

⦁ Em seguida, tire toda a umidade com uma toalha seca;

 

⦁ Aplique talco sobre as regiões da pele que formam dobras (virilhas, axilas, etc.);

 

⦁ Passe algum hidratante sobre a pele, especialmente nas regiões mais expostas como braços, pernas e rosto;

 

⦁ Dê atenção também à higiene bucal do idoso através da escovação de dentes e etc. Incentive a pessoa acamada a tomar esses cuidados por si só, se for possível.

 

como cuidar de um idoso acamado - alimentacao

 

Cuidados com a alimentação

 

A alimentação na terceira idade é extremamente importante. Nesse período da vida costumamos perder muitos nutrientes e ter diversas deficiências nutricionais. Por isso, o primeiro passo é buscar auxílio de uma nutricionista para montar a dieta do idoso.

 

Em segundo lugar, a alimentação da pessoa idosa precisa ser dividida em pequenas refeições e lanches durante o dia. E o cuidador deve tomar conta da agenda de alimentação da pessoa acamada, incentivando que ela se alimente várias vezes.

 

Na terceira idade é comum que os hábitos alimentares mudem bastante e o idoso, às vezes, nem sinta fome. Exatamente por esse motivo o cuidador deve monitorar as refeições e colocá-las em uma agenda para evitar que a pessoa acamada fique desnutrida ou com falta de nutrientes em seu corpo.

 

Na hora de alimentar o idoso, seja por sonda ou via oral, deixe-o sentado na cama ou com o tronco elevado. Sirva a refeição e o monitore durante todo o tempo. Só volte a deitá-lo após meia hora do término da alimentação para evitar vômito e refluxo.

 

Se notar qualquer variação nos hábitos alimentares da pessoa acamada, procure auxílio médico e nutricional imediatamente. Também fique atento a reações adversas a comida como queixas do idoso, vômito, diarreia e por aí vai.

 

Essas são apenas algumas dicas sobre como cuidar de um idoso acamado e ajudá-lo na recuperação. Logicamente esse trabalho é intenso e tem muitas nuances. Mas, com amor e preparo você dará conta do recado.

 

Entretanto, se achar que não está preparado para atender as necessidades de seu ente querido, procure uma casa de repouso ou instituição especializada para ajudá-lo. Lembre-se que o bem-estar e a qualidade de vida do idoso devem estar acima de tudo!

Leave a reply